Loading...

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Confie em Deus

A águia pode viver cerca de 80 anos. Ela depende, na maioria dos casos, somente dela para sobreviver todo esse tempo. Entre os 40 e 50 anos de idade a águia precisa passar por uma série de transformações, que à levarão ao sofrimento extremo para que possa sobreviver. Ela sobe até o alto das montanhas, onde se sente mais segura, e começa todo o processo para a renovação. Primeiro a águia começa a arrancar toda a sua pelagem, pena por pena, com seu próprio bico, pois as penas já estão velhas, no que resulta a perca de aerodinâmica. Passado um mês toda a sua pelagem já está nova para voar em perfeição. Em seguida começa a quebrar suas unhas, velhas demais para segurar suas presas; elas tiram até a raiz para nascerem unhas mais fortes, parecidas com as de sua primeira caçada. Após um mês de recuperação e crescimento das novas unhas, a águia ainda precisa passar pela parte mais difícil do processo que é a quebra de seu bico, muito velho e envergado que dificultam para pegar sua presa. Ela bate o seu bico por diversas vezes com todas suas forças restantes, já que ela está muito debilitada por todas as dificuldades passadas no processo de mudança, até que ele se quebre e caia. Somente após um mês é que o novo bico estará forte para voltar a ativa, e a águia pronta para enfrentar novamente todas as dificuldades deste mundo. Nós seres humanos somos iguais às águias. Entretanto, para vivermos muitos anos, precisamos reconhecer que não existe apenas uma mudança em nossas vidas, a mudança é algo constante. No começo toda mudança é difícil. Afeta toda a nossa estrutura montada em anos de trabalho / relacionamentos pessoais que deixam de existir por um determinado momento até que possamos nos estruturar novamente. É um recomeço. Nessas ocasiões é que sentimos de verdade quais os nossos pontos fortes e fracos. Nos derretemos em lágrimas por coisas que jamais pensamos que poderia acontecer e também sorrimos por inesperadas atitudes que se não tivéssemos mudado não aconteceriam. São nas mudanças que descobrimos as pessoas que nos ajudam a erguer nossas forças para a vitória ou aquelas que quando olhamos para o fundo do poço, vemos puxando a corda para cairmos. Apesar das dificuldades tenha coragem para mudar, de preferência para oportunidades e caminhos bons. Volte a ler aquele livro que você deixou para trás,leia a Palavra de Deus,pois só ela pode dar as respostas e soluções que precisa.Repense os seus projetos de carreiras e de vida, suas metas, entre outros acontecimentos importantes em sua vida que foram deixados de lado. Nas mudanças é que aprendemos e crescemos na vida e no trabalho. Mas antes de mudar veja se o local é adequado, se o seu financeiro vai suportar todo o período de vacas magras até você ser recompensado com o primeiro salário, se as pessoas com quem vai se relacionar são de bons procedentes. Analise tudo nos mínimos detalhes que venha a interferir na sua felicidade e no seu crescimento pessoal e profissional. Mudança é sinônimo de aprendizado. Se a mudança deu errado e você vê que há possibilidades de voltar atrás para o seu bem, seja humilde volte. Também temos o direito de errar em nossas escolhas, mas só nós podemos assumir todas as conseqüências desse erro. Lembre-se: em cada mudança existe uma proporção de igual valor tanto para se dar bem quanto se dar mal. Em 90% dos casos só você pode definir em qual situação irá ficar. Somente em 10% as decisões são tomadas por terceiros.
Mas se você pensa que sem Deus pode conseguir viver,desista.
O pouco com Deus é muito.
Você pode viver sozinho e sem dinheiro,mas sozinho e sem Deus, JAMAIS!!
Deus sem você é Deus,você sem Deus ...é nada.
Se você tiver Deus como o único Senhor de sua vida,tudo irá mudar,para melhor ,é claro!
Siga o exemplo da águia,lute pelos seus objetivos,não desista,apesar das dificuldades.
Creia e coloque tudo nas mãos de Deus,sabendo que Ele resolve tudo ,sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário