Loading...

sábado, 29 de maio de 2010

Não é engraçado?

Não é engraçado como não encontramos as palavras certas quando oramos, mas elas estão sempre na ponta da língua para conversarmos com um amigo?

Não é engraçado
como R$ 10,00 parece tanto quando o levamos à Igreja para dar como oferta ou dízimo e, tão pouco quando vamos ao Shopping fazer compras?

Não é engraçado como uma hora é tão longa quando servimos a Deus, mas tão curta quando assistimos ao jogo de futebol?

Não é engraçado como ficamos excitados quando um jogo vai para prorrogação, mas reclamamos quando pregação dura mais que o normal, 40 minutos?

Não é engraçado acharmos cansativos ler um capítulo da
Bíblia para saber o que Deus quer de nós, mas é fácil ler 100 páginas do último romance do século?

Não é engraçado como queremos sempre as cadeiras da frente no teatro ou num show, mas sempre sentamos no fundo da Igreja para não sermos vistos?

Não é engraçado como as pessoas zombaram de Noé enquanto esse construía a Arca conforme Deus mandou e quando veio o dilúvio matou a todos?

Não é engraçado quando dizem que as águas do Mar Vermelho, por onde Moisés atravessou com os cristãos, chegava apenas até os joelhos...

Mas afogou a todo o exército, os escolhidos e príncipes de Faraó quando tentaram passar?

" Então cantou Moisés e os filhos de Israel este cântico ao SENHOR, e falaram, dizendo: Cantarei ao SENHOR, porque gloriosamente triunfou; lançou no mar o cavalo e o seu cavaleiro.
O SENHOR é a minha força, e o meu cântico; ele me foi por salvação; este é o meu Deus, portanto lhe farei uma habitação; ele é o Deus de meu pai, por isso o exaltarei.
O SENHOR é homem de guerra; o SENHOR é o seu nome.
Lançou no mar os carros de Faraó e o seu exército; e os seus escolhidos príncipes afogaram-se no Mar Vermelho.
Os abismos os cobriram; desceram às profundezas como pedra."
Êx 15:1-5.

Não é engraçado como precisamos de duas ou três semanas de antecedência para aceitar um convite e agendar um
compromisso na Igreja, mas para outros programas, sequer olhamos na agenda, estamos sempre disponíveis?

Não é engraçado como temos dificuldades de aprender a evangelizar, falar de Jesus para as pessoas, e como é fácil aprender e contar a última fofoca?

Não é engraçado como acreditamos em quaisquer notícias dos jornais, mas questionamos tudo quanto diz respeito à Bíblia que é a Palavra de Deus?

Não é engraçado como quando perguntamos, todo mundo quer ir
para o céu desde que não tenha que acreditar, dizer ou fazer nada?

Não é engraçado como uma hora na Igreja parece mais longa do que quando assistimos a um filme?

Não é engraçado como mandamos milhares de piadas por E-mail que se espalham como um incêndio, mas quando mandamos mensagens sobre o Jesus, por vergonha ou descrença, não reenviamos para ninguém?

" Se alguém se envergonhar de mim e das minhas palavras, também o Filho do Homem se envergonhará dele, quando vier na sua glória, na glória de seu Pai e dos santos anjos. " Lc 3,26

" Empenha-te em te apresentares diante de Deus como homem digno de aprovação, operário que não tem de que se envergonhar, íntegro distribuidor da palavra da verdade. " 2 Tm 2,15

Não é engraçado?...
Você está rindo?...
Você está pensando?

Não é engraçado que quando você ler esta mensagem você não comentará a respeito dele muita gente que você acha que não acredita em nada?

Não ?? É Triste....

Pois todos prestarão contas de seus atos a
Deus no dia do juízo final.

Todos reconhecerão a Deus como soberano.

Todos terão encarar a Deus de frente e tudo será trazido à tona, mas será tarde para você que não acreditou e não O procurou enquanto estava em tempo.
Todos quantos se esqueceram Deus e não aceitaram a Jesus Cristo como Salvador serão lançados no inferno e atormentado em chamas por toda a eternidade.

"Porque está escrito: Como eu vivo, diz o Senhor, que todo o joelho se dobrará a mim, E toda a língua confessará a Deus”. Rom 14:11.

"E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras". Apoc 20:13

Nenhum comentário:

Postar um comentário