Loading...

sábado, 15 de maio de 2010

Ouvir mais e falar menos

Que importância você dá para a vida?
Você se importa em fazer novas amizades,em ter amigos?
Você se importa com Deus, com a parte espiritual de sua vida e das pessoas próximas a você? Ou se preocupa só com a parte material?
Nunca o ser humano esteve tão apegado as coisas matérias como agora. Eles só pensam em ter,ser e poder.

Um quer ter um carro melhor que o outro,ser melhor que o outro.
" Não te fatigues para enriqueceres; e não apliques nisso a tua sabedoria. " Prov 23,4
Só se preocupam com a aparência física,nunca estão contentes com o próprio corpo e se arriscam em fazer cirurgias plásticas e mais plásticas, e muitos até morrem. Pessoas estão constantemente famintas,mas de coisas,não tanto de comida. Não importa o quanto temos,sempre queremos mais. E para quê?
“ Todas as coisas são trabalhosas; o homem não o pode exprimir; os olhos não se fartam de ver, nem os ouvidos se enchem de ouvir. “ Ecl 1,8
Pessoas ”se matam” aos poucos com bebidas,drogas,cigarros,anfetaminas e antidepressivos.

" Filho meu, não te ponhas a caminho com eles; desvia o teu pé das suas veredas;" Prov 1,15
Famílias estão sendo destruídas por falta de amor,carinho e compreensão,por falta de Deus e de Jesus em seu coração.
Confiamos demais nas pessoas ou alguém que se diz ‘amigo’ ,e eles nos traem. Muitas vezes a própria família ou alguém que menos esperamos.
Quando se é compreensivo com o outro,até nos pequenos gestos ou mesmo um abraço já o consola. Não é tão difícil ouvir o que as pessoas têm a nos dizer. Por isso temos dois ouvidos e uma boca,para ouvir mais e falar menos.
“Não fales ao ouvido do tolo, porque desprezará a sabedoria das tuas palavras” Prov 23,9
"Aplica o teu coração à instrução e os teus ouvidos às palavras do conhecimento.“ Prov 23,12
“Na boca do tolo está a punição da soberba, mas os sábios se conservam pelos próprios lábios” Prov 14,3
“Em todo trabalho há proveito, mas ficar só em palavras leva à pobreza “

Prov 14,23
Ah,se todos seguissem isso. Não falaríamos tantas asneiras sem pensar,sem importância e sem necessidade.



"São assim as veredas de todo aquele que usa de cobiça: ela põe a perder a alma dos que a possuem.
¶ A sabedoria clama lá fora; pelas ruas levanta a sua voz.
Nas esquinas movimentadas ela brada; nas entradas das portas e nas cidades profere as suas palavras:
Até quando, ó simples, amareis a simplicidade? E vós escarnecedores, desejareis o escárnio? E vós insensatos, odiareis o conhecimento?

Atentai para a minha repreensão; pois eis que vos derramarei abundantemente do meu espírito e vos farei saber as minhas palavras.
Entretanto, porque eu clamei e recusastes; e estendi a minha mão e não houve quem desse atenção,
Antes rejeitastes todo o meu conselho, e não quisestes a minha repreensão,
Também de minha parte eu me rirei na vossa perdição e zombarei, em vindo o vosso temor.
Vindo o vosso temor como a assolação, e vindo a vossa perdição como uma tormenta, sobrevirá a vós aperto e angústia.
Então clamarão a mim, mas eu não responderei; de madrugada me buscarão, porém não me acharão.
Porquanto odiaram o conhecimento; e não preferiram o temor do SENHOR:
Não aceitaram o meu conselho, e desprezaram toda a minha repreensão.
Portanto comerão do fruto do seu caminho, e fartar-se-ão dos seus próprios conselhos.
Porque o erro dos simples os matará, e o desvario dos insensatos os destruirá.
Mas o que me der ouvidos habitará em segurança, e estará livre do temor do mal." Prov 1,19-33

Nenhum comentário:

Postar um comentário