Loading...

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Deus não te quer triste

Especialistas dizem que a depressão é o mal do século. Mas se formos analizar,não é de hoje que existe essa doença e só agora ela é encarada como uma doença que afeta o sistema nervoso,mas não por vontade própria,mas que seria uma substância que o organismo não produz, a serotonina.Na falta dessa substãncia, a pessoa se sente desanimada,sem vontade para fazer até coisas que gostava, tem sentimentos e pensamentos negativos . É normal a pessoa se sentir 'pra baixo' de vez em quando, mas no caso da depressão, é um sentimento de tristeza frequente que a pessoa não consegue se animar com nada,até as alterações da sensação corporal como dores por todo o corpo e enjôos. Alguns amigos tentam ajudá-lo, pedindo para reagir e tentar sair ,se divertir e não ficar só em casa,sem fazer nada, só querendo dormir,isso quando consegue. A noite ,dorme mal e o sono é interrompido várias vezes. Resultado: no outro dia,já acordam cansados.
Esses sintomas que podem vir associados aos sintomas centrais são:
Pessimismo
Dificuldade de tomar decisões
Dificuldade para começar a fazer suas tarefas
Irritabilidade ou impaciência
Inquietação
Achar que não vale a pena viver; desejo de morrer
Chorar à-toa
Dificuldade para chorar
Sensação de que nunca vai melhorar, desesperança...
Dificuldade de terminar as coisas que começou
Sentimento de pena de si mesmo
Persistência de pensamentos negativos
Queixas freqüentes
Sentimentos de culpa injustificáveis
Boca ressecada, constipação, perda de peso e apetite, insônia

É muito bom ter a ajuda de um amigo e a família entender o que acontece quando alguém tem depressão, que isso é uma doença,que não é uma frescura e não foi ela que provocou isso. Ninguém sabe o que um deprimido sente, só ele mesmo e talvez quem tenha passado por isso. Nem o psiquiatra sabe: ele reconhece os sintomas e sabe tratar, mas isso não faz com que ele conheça os sentimentos e o sofrimento do seu paciente.
A pessoa com depressão ,fica sensível e por qualquer motivo chora.Muitas pessoas tem depressão,mas não admitem,acham que são fortes e tem a idéia errônia de que quem toma remédios para depressão e vai no psiquiatra é 'louco'.
O transtorno afetivo bipolar se caracteriza pela alternância de fases deprimidas com maníacas, de exaltação, alegria ou irritação do humor. A depressão monopolar só tem fases depressivas. A explicação mais provavelmente correta é o desequilíbrio bioquímico dos neurônios responsáveis pelo controle do estado de humor. Esta afirmação baseia-se na comprovada eficácia dos antidepressivos. O fato de ser um desequilíbrio bioquímico não exclui tratamentos não farmacológicos. O uso continuado da palavra pode levar a pessoa a obter uma compensação bioquímica. Apesar disso nunca ter sido provado, o contrário também nunca foi.Eventos desencadeantes são muito estudados e de fato encontra-se relação entre certos acontecimentos estressantes na vida das pessoas e o início de um episódio depressivo. Contudo tais eventos não podem ser responsabilizados pela manutenção da depressão. Na prática a maioria das pessoas que sofre um revés se recupera com o tempo. Se os reveses da vida causassem depressão todas as pessoas a eles submetidos estariam deprimidas e não é isto o que se observa. Os eventos estressantes provavelmente disparam a depressão nas pessoas predispostas, vulneráveis. Exemplos de eventos estressantes são perda de pessoa querida, perda de emprego, mudança de habitação contra vontade, doença grave, pequenas contrariedades não são consideradas como eventos fortes o suficiente para desencadear depressão. O que torna as pessoas vulneráveis ainda é objeto de estudos. A influência genética como em toda medicina é muito estudada. Trabalhos recentes mostram que mais do que a influência genética, o ambiente durante a infância pode predispor mais as pessoas. O fator genético é fundamental uma vez que os gêmeos idênticos ficam mais deprimidos do que os gêmeos não idênticos.
A pessoa que tem depressão,deve procurar ajuda médica e seguir o tratamento corretamente, com uso da medicação adequada,acompanhamento psiquiátrico e psicológico.
Mas ,não esquecer,o principal remédio que é JESUS. Dedique um tempo à Ele,com orações,participe da igreja e logo você verá que não está só nessa vida e que existe alguém que te ama muito e não quer te ver triste...JESUS.


Quando estou triste;
Ele me dá alegria...
Se choro;tua voz me acalenta;
Quando penso em desistir
Me toma nos braços;
e me carrega na tempestade;
Quando meu barco é açoitado pelos vendavais;
Sua voz acalma o mar da vida...
E se estou em perigo
Tua sombra é minha proteção;
Se me falta o sustento;
Ele é minha provisão;
Sinto o cansaço abater meu corpo,
E num instante sua presença
Me tomapor completo...
Que sem perceber sou renovado...
Por mas pequeno que eu me sinta
Ele me Ama; e se erro;
Ele me Perdoa com
Seu Infinito Amor;
TODA RAZÃO DO MEU EXISTIR...
DEVO A ELE!!!
JESUS.....
Sem Ele me torno pobre e miserável...
ELE É TUDO,
AMOR,COMPREENSÃO,
VIDA,LUZ
DONO DE TUDO,
ELE É A MINHA VIDA
A MINHA RAZÃO DE VIVER
Se estou melhor é por causa dEle,
que nunca me abandonou
e sempre esteve ao meu lado,
nos piores momentos de minha vida.
Ele sabe de tudo ,
Ele conhece o meu coração,
conhece os meus sentimentos.
E sei que nada irá interferir em minha vida,
pois Jesus não deixará
que nada de mal me aconteça,
porque EU CONFIO NELE.
Com seu AMOR INFINITO,
ME CURA,ME LIBERTA E ME SALVA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário